quinta-feira, 17 de novembro de 2011

As coisas perdidas estavam por aí a procurar seus donos.5


Um pé de meia

Adoro companhia, mas ele sempre me deixa . Quando nasci tinha um gêmeo mas, a toda hora estava largado a um canto, sujo, fedido e solitário. Ainda por cima, me pegam pela ponta com cara de nojo e me jogam em um baú escuro onde sinto medo. Então busquei um outro dono que, além de ser cuidadoso e asseado, é muito friorento e sempre me usa com uma outra por cima. Agora eu tinha uma turma: éramos sempre quatro.

2 comentários:

dudv disse...

Curiosa a série. Adorei.

Angela disse...

Obrigada Dudu!
Hoje fiz como você com seus inúmeros contos em cascata! :)