quarta-feira, 20 de julho de 2011

Resgate

psyche entering cupids garden- by John William Waterhouse


Ele perdera sua alma e nem se lembrava aonde. Saiu pela cidade entrando de bar em bar, de cassino em cassino, passou pelos bordéis que frequentara e nada! Vazio e sem esperanças, sedento e exausto de tanto andar, acabou pedindo um copo dágua em uma casa modesta. No vão da porta reconheceu a mulher que abandonara e, com ela, o que buscava. Fora a única que, de fato, havia amado em toda a vida.

escrito em 17-07-2011

2 comentários:

dudv disse...

Pois é, a felicidade ao nosso lado, e muitas vezes não percebemos.

Angela disse...

Neste caso a ideia não era a felicidade, mas a busca da anima!