quinta-feira, 21 de julho de 2011

Despedida



Estou aqui. Senta-te ali e me percebe, consegues? Procura ouvir meu cheiro e sentir meus movimentos, veja o que te digo e assim que estiveres satisfeita, segue. Leva-me contigo. Assim, jamais terei morrido.


escrito em 21-07-2011

4 comentários:

Anônimo disse...

Que beleza, Angela! O texto bateu direto no meu peito.(Dennis D.)

Angela disse...

Meu amigo querido, meu texto, de certeza, foi feliz com sua acolhida.
Obrigada.

dudv disse...

Lindo!!!

Angela disse...

Oi Dudv,
estes são textos que brotam direto de meu inconsciente. São escritos no teclado, mas parecem, a mim, com as psicografias e, quase sempre, são os que mais gosto.