sábado, 23 de janeiro de 2010

Pena de Talião

tartarugas tem seus ovos roubados para comércio nas praias da Costa Rica


Sentindo-se com todos os direitos, uma raça de seres imensos, tão inconsequente e insensível quanto os humanos, invadiu o planeta. Colocando as crianças em sacos, pisoteavam os adultos enquanto levavam os pequenos corpos aos dentes e os devoravam crus, sem dó ou piedade! Apavorados, os homens gemiam perguntando o que teriam feito para merecer tal destino.

Escrito em 22-01-2010

4 comentários:

dudv disse...

Pois é... Por onde a humanidade está a caminhar...

Angela disse...

Dudv! Escrevendo em português Lusitano! Que lindo este : está a caminhar! adorei.
Quanto ao conto, é muito chocante as agressões que o Homem faz a outros seres como se não fossem seres tão vivos quanto ele!

Guidinha Pinto disse...

Olho por olho, dente por dente.
Olá Angela, estou de volta e entrei aqui para comentar. Mas primeiro, obrigada pelo comentário deixado. Reconheço a foto. Tenho mais algumas que ilustram o que escreveu no seu conto. Vou copiar o seu conto, porque o acho excepcional e colar junto com as fotos. Mandar-lhe-hei mensagem a informar.
É horrível pensar que há gente assim. Ignorância? Ganância? Fome? Não me parecem tão pobres assim!
Fique bem.

Angela disse...

Guidinha,
creio que recebi as fotos e selecionei esta que pensei dar mais foco nesta violência.
É claro que pode usar o texto para tentar que mais pessoas tomem consciência deste crime.
Creio que a causa é pobreza de todo tipo: de alma, de visão, de cultura, de respeito a valores outros que não sejam os que o capitalismo selvagem semeou pelo mundo!
Grata por tudo. Quem ainda é sadio neste planeta tenta salvar o corpo devorado por este mal que assola a humanidade.