sábado, 20 de junho de 2009

parto difícil

mulher na praia-pintura de eduardo naranjo-cartaz da exposição





A menina custou a sair do ventre materno, quase morria se o médico não usasse forceps. Pela vida, continuou a ter imensa atração pela água, mas era do interior e não conhecia o mar. Ao entrar pela primeira vez nas águas salgadas sentiu como se braços a embalassem e acariciassem seu corpo. Apaixonada, deixou-se ir e parecia não haver quem fosse capaz de salvá-la. Novamente à força, alguém cortou as ondas e a salvou do abraço fatal. Desta vez renasceu graças a um surfista.

escrito em 18-06-2009

4 comentários:

dudv disse...

Lindo!! Nasce pela segunda vez. Eu achei simbólico.

Angela disse...

Dudv
Essa era a idéia. Desde que o surfista não se ache médico ou cristo! :D bj e obrigada.

José Lopes disse...

(trocou o fórceps pelos bíceps ;)

Angela disse...

José Lopes
É isso! uma boa idéia, se bem que não se imagina como ficam os bíceps dos que usam o fórceps! :D

mas a moça não queria sair do útero, da mãe, da natureza... sei lá!