sábado, 25 de abril de 2009

Jack, o escritor

foto do filme - From Hell



Sempre desconfiou de algo sombrio no passado do pai. Chegando à adolescência, depois que ficou órfão, começou a ter impulsos estranhos e perturbadores. Passou a escrever contos terríveis cujas vítimas eram mulheres impiedosamente destroçadas nos becos da cidade. Sentia intenso prazer enquanto escrevia e muita paz ao terminar cada história. Embora não compreendesse bem o que ocorria, tinha certeza de que esta era a melhor forma de exorcizar seus perigosos instintos.

Escrito em 25-04-2009

2 comentários:

dudv disse...

Adorei!!! Me identifiquei com este conto, não que eu seja psicopata, mas, escrever para mim é uma forma de exorcismo.

Angela disse...

Ha! ha! te peguei Dudu! Não que eu seja psicopata! E se fosse? todos podemos ser tudo, meu querido, apenas as doses diferem! Aconteceu de falarmos sobre isto - Ana Mello e eu - sobre a terapeutica da literatura e das artes em geral e aí me lembrei do estripador e ai... tudo isto!
Como pode ver, vc pertence ao clube!