quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Amor materno

slippered-girls - imagem do google



No filme, a cena de espancamento na escola causou-lhe profunda confusão emocional. Em casa a imagem não saia de sua mente e, com dor de cabeça, preferiu dormir. No dia seguinte pensaria no assunto, quem sabe seu analista ajudaria. Em sonhos viu a mãe no papel da diretora da escola enquanto o espancado era ele. Acordou assustado lembrando fatos da infância e a expressão de sua mãe. Agora, podia entender o significado daqueles sons estranhos que ela emitia quando o surrava e o prazer lhe roubava o controle.
escrito em 24-02-2009

2 comentários:

dudu oliva disse...

Com uma mãe desta, prefiro se orfão.

Angela disse...

Dudu
O amor tem mil faces... Esta era uma doidona! frustrada, talvez. Quem sabe foi este o amor que ela recebeu?