segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Privação de sentidos

Forbidden colours- foto de Alba Luna - www.olhares.com.


No restaurante, ele, com voz monocórdia, falava de trabalho.
Ela, olhar perdido, ouvia palavras de amor.
Estava apaixonada.




Postado em IDEÁLIA a 3/20/2007

2 comentários:

Bruno Mocelin disse...

Não só cego, o amor também é surdo.

Angela disse...

Bruno
E, às vezes, burro!