quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

"em casa "


A mãe, abandonada pelo marido, andava enraivecida e não suportava as travessuras do filho pequeno. A toda hora o xingava dizendo - você é um bosta, uma merda, não serve para nada!
Quando o garoto sumiu, desesperada, ela acabou por encontrá-lo dormindo entre os dejetos dos animais, onde se sentia acolhido, entre iguais.


6-01-2016

3 comentários:

Eduardo Oliveira disse...

Como as palavras têm força. Conto forte, Angela.

Angela disse...

E quantas vezes nos esquecemos desta força...
um abraço Dudu!

Willmondes disse...

Visceral e tocante, como tocante é a vida diante de certas atitudes...
Adorei, Angela.
Abç!