quarta-feira, 17 de junho de 2015

Maria e eu




Maria teme as perdas. Carrega-se de vazio e busca, inutilmente, preenchê-lo. Jamais se entrega e nada a satisfaz por muito tempo. Segue a vida acumulando desperdícios, enquanto euapesar de sua ausência, existo pleno de Maria.


07-06-15

2 comentários:

Eduardo Oliveira disse...

Que bom te ver por aqui!

Angela disse...

Ver quem Dudu? Maria, eu ou ambas?
Imagino que esteja fazendo a identificação de meu estilo mais pregnante, é isto?
Obrigada, sempre.