segunda-feira, 17 de junho de 2013

PASCAL


RedBall Project by KurtPerschke


Mesmo adulto, Pascal se manteve fixado em seu balão vermelhoLevado aos céus por vários balões coloridos, ao pousar continuou a buscar um outrovermelho como o da infância. Ontem seu balão, empacou entre prédios da cidade. Afinal, como bom amigoele queria que Pascal percebesse que a vida não caminharia se ele teimasse em repetir a história.

escrito em 14-06-2013

a partir do conto/filme:  - Le Ballon Rouge- 1956, de Albert Lamorisse

6 comentários:

virgi disse...

Qué interesante el montaje.
En el texto, apreciada Angela me pierdo bastante, lo siento.
Un beso

Eduardo Oliveira disse...

Gostei, acho que a gente sempre tem que se adaptar para lidar com o tempo e a vida.

Moacir Alves disse...

Olá, Ângela.

Fabuloso!

Às vezes, é preciso esvaziar dos pesos para ir mais alto.

Abraço!

Angela disse...

Virgi,
estas traduções são tão fracas, confundem mais que ajudam...
Ainda bem que ud usa seus sentidos!
obrigada.

Angela disse...

Oi Dudu, ficar repetindo histórias atravanca a vida e empobrece o espírito!
Um bj.

Angela disse...

Moacir,
o que houve? fechou o blogue e começou outro? mudanças fazem bem, mas podem confundir quem não as entende!
vc conhece o filme - Le balon rouge?
encontra no Youtube - vale ver.