terça-feira, 11 de junho de 2013

Maria, mariola


 

Mordo uma mariola e me lembro dela. Um tanto duramas flexível e deliciosa. Ela também é Maria, mas a ola que criou quando se foi, não me permite esquecê-la. Embora não possa com doçuras,  fico a mastigá-la enquanto me deixo impregnar com o sabor da saudade.

em 15-05-2013

4 comentários:

virgi disse...

Nostalgia de otros momentos.
Besos besos

Angela disse...

sim, sim!
obrigada por vir aqui!
besos.

Eduardo Oliveira disse...

Gostei.

Angela disse...

Vc gosta de mariola?
eu adoro...
bj Dudu!