terça-feira, 14 de maio de 2013

Fita de Moebius




M. C. Escher - Möbius ants


Deitava para dormir e acordava em uma cama diferente, nova casa,  cidade, outra vida. Todas as noites eram assim, as manhãs também. não distinguia se sonho ou realidade. E apesar do extremo cansaço, não se percebia dividida. Nunca esteve tão consciente e única.

escrito em 14-05-2013

2 comentários:

Eduardo Oliveira disse...

Pois é... Somos vários e ao mesmo único. Belo texto.

Angela disse...

é uma realidade muito interessante a que podemos inferir por este anel de Möbius.

depois me explica como acesso o Fubá direto? não curti esta mudança google!