domingo, 18 de novembro de 2012

Quem, eu?


Marcel-Marceau
 
Sentia-se pequeno, errado e muito imperfeito. E quando era assim, se agigantava muito, inflava com arrogância tentando afastar de si seus semelhantes, como se fossem deles os sentimentos que o habitavam.
 
escrito em 16-11-2012

4 comentários:

ma disse...

Fiquei siderada !!!!

Como conhece bem a natureza humana Angela.

Beijinhos

dudv disse...

E como isso acontece. Ótimo microargumento

Angela disse...

Obrigada MA, é minha função na vida... mas fiquei contente que gostasse pois sintetizar este comportamento é bem difícil, pois complexo.
Um beijo com carinho.

Angela disse...

Obrigada Dudu! andava sentindo falta de nós....:D