sexta-feira, 25 de maio de 2012

moto-perpétuo



Kath 2010 - foto de Tamara Dean
Toda noite a menina percorre os corredores da fazenda até o quarto dos pais. Procura por eles há cento e quinze anos.

escrito em 24-05-2012

2 comentários:

dudv disse...

Que solidão...

Angela disse...

será que mortos sentem solidão? Ou apenas repetem o que seria em vida?