segunda-feira, 2 de abril de 2012

Espectador



 
Desempregado, não saía mais de casaPara compensar o vazio passou a ver um filme após outro, sonhando com o que jamais viveria. Alimentava-se com cerveja e pipocas e nem percebeu que  sua mulhertinha ido embora.

escrito em 11-03-2012
 

2 comentários:

dudv disse...

Pois é... Por isso, que devemos ter cuidado na hora de fujir da realidade, tem a hora de voltar.

Angela disse...

Oi Dudu! mas um escapezinho por vezes até que é saudável. A vida em preto e branco é chatinha...