terça-feira, 6 de março de 2012

A grama do vizinho



De longe e do alto viu o vale e se encantou com o verdor da paisagem. Viver ali era o que desejava. 
Ao chegar perto, tudo era árido e morno e o verde  existia na roupa dos milhares de prisioneiros que, todos os dias, faziam  suas tarefas obrigatórias.

escrito em 02-03-2012

2 comentários:

dudv disse...

É verdade. Gostei.

Angela disse...

como nos enganamos com as aparências, não é Dudv?