domingo, 25 de março de 2012

Do Âmago

kissprint  Alyssa Monks
 
 


De encontro à janela respirava, vertendo para o vidro o sentimento que a possuía. Então, suavemente,  beijava a matéria de que estava plena. Amava pela primeira vez.


escrito em 22-03-2012

4 comentários:

dudv disse...

Nossa!! Lindo conto.

Angela disse...

Romântico, bem a seu gosto...
Aliás, parabéns! Vc anda com ideias e contos ótimos!

Tiago Moralles disse...

Nossas janelas choram e falam.

Angela disse...

Obrigada Tiago. Já está aqui o seu link. Agora não deixo de ler, sempre, o que escreve tão bem.