quinta-feira, 29 de setembro de 2011

mutações



Amarelava. Quase tombando, se despediu da árvore. Era tão bela que o menino a levou para sua mãe. Pelas cores, foi feita adorno. Ao aceitar a morte, eternizou-se.



11-09-2011

4 comentários:

Evilanne disse...

Lindo lindo lindo!

Angela disse...

Obrigada!
Não resisti a esta folha linda!

dudv disse...

Belo!

Angela disse...

Obrigada Dudu!