domingo, 31 de julho de 2011

Espírito de Mãe



O acidente grave acabara de ocorrer. Uma mulher acenava em prantos. Pararam. Ela implorava que lhe salvassem o bebê dentre as ferragens. Pegaram a criança viva, dormindo entre os braços do cadáver da mulher que, naquele instante, lhes pedira socorro na estrada.


escrito em 7/10/2001

2 comentários:

dudv disse...

O amor pode ultrapassar barreiras...

Angela disse...

E esta história aconteceu, de fato, com tios meus. Acho que o amor materno é maior que a morte , principalmente na hora de salvar um filho.