quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

limites humanos

ferida- detalhe de quadro- desconheço o pintor

Por favor, Tomé! Resolve logo sua dúvida e tira o dedo da minha ferida. Posso ser divino, mas também sinto cócegas.


escrito em 11-01-2011

2 comentários:

dudv disse...

Mas, pelo jeito Tomé sempre quer mais e testar até o limite a paciênica divina.

Angela disse...

Sabe Dudu, pobre Tomé, se não fosse sua necessidade de certezas perderíamos uma grande qualidade.o senso crítico. Talvez, com suas dúvidas, ele sofra mais que o Cristo! :D