terça-feira, 14 de setembro de 2010

a ovelha desgrenhada


Conhecia a fábula de família, mas era uma ovelha loira, com memória fraca, desgrenhada e tonta. Quando o lobo chegou à beira do riacho para beber água, ela fez diferente: subiu para perto da nascente, para que ele não reclamasse. Quando o Lobo viu aquilo, já ia avançar na abusada, mas ficou com medo, meteu o rabo entre as pernas e sumiu. Nada sabia sobre contágios. E se aquele mal pegasse?

Escrito em 13-09-2010

2 comentários:

dudv disse...

Ironia inteligente, gostei.

Angela disse...

Obrigada Dudu.
Seus comentários já fazem com que eu me preocupe quando faltam. Fico pensando se está cansado, gripado, etc... não liga não, sou assim mesmo e nem se sinta obrigado, por favor! :D Maternices!