sábado, 3 de abril de 2010

Nos tempos certos

Antonio Abellán_As Tres idades


Desde menina observou o casamento dos pais, a união dos avós, os amores das tias, os casos das amigas e até os das vizinhas. Após muita análise planejou o que queria. Seu primeiro homem era fogoso, excelente amante e nada confiável. Com ele aproveitou a vida até cansar. Depois casou com um homem correto, trabalhador, um tanto maçante, mas marido e pai perfeito. Na meia idade uniu-se ao melhor amigo. Conversavam, viajavam e partilhavam suas questões mais profundas. Jamais se queixou.


escrito em 31-03-2010

3 comentários:

dudv disse...

Muito bom isto.

Anônimo disse...

Para mim eles são um só...

Angela disse...

Que maravilha! Então seria um caso de utilidade pública divulgar onde são encontrados estes espécimens :D