segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Pacto


Estavam velhos e cansados. Há muito partilhavam alegrias e problemas e sempre pensaram morrer juntos. Naquele final de ano, a família distante, resolveram que era a hora certa. À noite, deitaram lado a lado como sempre para se deixar ir sem reação, como num bom sono sem sonhos. Assim fizeram, mas enquanto se entregava, ele se lembrou, de relance, do olhar convidativo da nova vizinha. Ela faleceu durante o sono, conforme o combinado. Ele despertou para sua nova vida.


Escrito em 15=02-2010

2 comentários:

dudv disse...

Adorei este conto. É a vida como ela é.

Angela disse...

Ou como são os Homens...
Mulheres viúvas tornam-se livres e faceiras, costumam aproveitar a vida a sós. Homens, ou morrem em seguida ou conseguem logo outra mulher para cuidar deles!
Assim tenho visto!