quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

atrás da casa

Quinta das lágrimas, Portugal


Atrás da casa havia o mundo. E o mundo cabia todo nas mãos dela. Quando, entre as ramas do quintal, suas mãos tocavam minhas pernas e subiam penetrando meus segredos, o mundo ficava imenso e eu voava além dos céus e navegava além das caravelas. Eu ia longe sim, ela me levava e o medo não mais existia.

escrito em 29-12-2009
inspirada pela música Dietro casa, de Ludovico Einaudi.

2 comentários:

dudv disse...

Lindo!!!

Angela disse...

Obrigada Dudv.
Tenho escrito pouco neste final de ano, mas há textos que dão prazer ao escrever, este foi um deles.