segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Ao mesmo tempo

foto4 do site Bairro das Laranjeiras

Morou na mesma casa desde que nasceu até não mais poder conservá-la. Conhecia todos os seus cantos, cheios de memórias acumuladas ao longo do ser só. Quando passou pela rua e a viu semi demolida, apenas um depósito de plantas e entulhos, quis entrar. Pelos cômodos a céu aberto, encontrou os conhecidos fantasmas e se espantou. Assim como ele, todos estavam muito envelhecidos!


escrito em 16-11-2009

4 comentários:

dudv disse...

Sem palavras...

* hemisfério norte disse...

lindo como a casa

bjs
a.

Angela disse...

dudv
Grata por seu mutismo! :D

Angela disse...

hemisfério norte

Há casa belíssimas por aqui e pena que não as conservam como merecem!
Poderíamos ter fantasmas construtores! :D
bjs e grata pelas visitas.