segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Madalena

ratatouille, cartaz do filme - Pixar




Tinha idéias bastante originais e opiniões pouco convencionais. Em casa não tinha vez. Era abrir a boca para dar uma opinião e todos vinham contra, em cima, como se tivesse ofendido alguém. Sentia-se como um rato na despensa, todo mundo querendo acertá-la, enxotá-la, matá-la. Abandonou a família e sua auto-estima subiu tanto que acabou conseguindo emprego na melhor emissora de TV da cidade. Em pouco tempo, tinha seu próprio programa de debates: Atire a primeira pedra.


escrito em 14-08-2009

2 comentários:

dudv disse...

Gostei deste conto. Me identifiquei um pouco esta Madalena.

Angela disse...

dudv
Que bom! Então, deixe tudo e siga "jesus" :D
Estou brincando , mas este 'Jesus' pode ser a luz e a confiança em vc mesmo!