terça-feira, 4 de agosto de 2009

Limite, por favor!

foto de Zbiech



Madrugada e o grupo de jovens faz algazarra nas ruas do bairro. De uma janela, um vulto pede silêncio. Um rapaz bêbado grita debochado: - Chama a polícia! Em segundos, é preso pelo morador que pedira silêncio, um policial. Ficou na delegacia e não foi solto pela manhã. Ninguém se responsabilizara por ele. A mãe havia deixado a casa por não mais querer sustentar malandros e o pai, procurado pela justiça, estava foragido.


escrito em 03-08-2009

2 comentários:

dudv disse...

Limites, coisa complicada estes dias.

Angela disse...

dudv
sinto ganas de acabar com esta arrogância sem limites.