quinta-feira, 30 de julho de 2009

adulterada

foto encontrada na web - sem autor



Ciente de que já era mulher, chegou em casa, abriu o armário do quarto e começou a limpar os resíduos da infância. Bonecas, roupinhas, louças de plástico e bichinhos de pelúcia, todos para o lixo! Em seguida, um telefonema para aquela clínica, e o bebe em seu ventre também estaria fora de sua vida!


escrito em 30-07-2009

5 comentários:

dudv disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
dudv disse...

E pensar que isto acontece com muitas jovens inexperientes. Muitas vezes, não tem apoio da família e nem do namorado. Conto sem palavras! Muito bom!

Angela disse...

Dudv
triste isto, não? E difícil de explicar em tempos de tantos preservativos e de tanta informação! Pobres meninas que se acham mulheres!

Alejandro Ramírez disse...

Cuento vertiginoso y extraordinario. Muy bueno.

Angela disse...

Grata Alejandro!