domingo, 29 de março de 2009

prisão domiciliar

desenho de A.Schnoor


No trabalho, na escola, nos relacionamentos e até na clínica para idosos, eles se debatiam exigindo liberdade, discursando sobre o tema e brigando por suas idéias revolucionárias. Ao chegar em casa, plantados frente à tela da Tv, não percebiam sua condição de prisioneiros dos esquemas políticos e sociais que os manipulam como robôs. Apenas Totó ali estava pelo aconchego carinhoso de sua dona.


escrito em 28-03-2009

2 comentários:

dudv disse...

A prisão ideológica é a pior de todas. Conto excelente.

Angela disse...

dudv
Não sei bem se é prisão ideológica pois a mania revolucionária também o é. A prisão de que falo é ao condicionamento robótico à tela de TV e ao seu conteúdo mercantil.
Obrigada, sempre, pela presença constante e amiga.