segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Acerto de contas

interferência sobre foto de Alvaro Duarte


No átrio da igreja vazia, uma senhora idosa empunha um guarda-chuva e ameaça a imagem da Virgem com o Menino nos braços.
-Não é justo, senhora, passei a vida a trabalhar para sustentar minha única filha. Pouco tempo tive para acalentá-la nos braços e, agora, que ela poderia me dar um neto, vem me dizer que irá para o convento dedicar-se a Seu serviço!
A Senhora que me ajude a mudar-lhe esta idéia!
Na manhã seguinte o pároco encontrou a Virgem de braços vazios.

escrito em 15-12-2008

5 comentários:

enjoy-rs disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Angela disse...

recomeçou!

dudv disse...

Morri de inveja! Muito bom!!!

Angela disse...

Dudv
Inveja? Da vovó ou da Santa?

dudv disse...

Queria escrever um conto assim. Por isso que morri de inveja...