segunda-feira, 24 de dezembro de 2007

O Retorno da Luz

Charles Chaplin


Ele tinha conseguido não se contaminar pelo espírito comercial que cercava as festas de fim de ano. Entretanto, mantinha viva dentro de si, a fé e a esperança na superação dos invernos. Na época do Natal, a cada dia, contaminava ao menos uma pessoa com seu sorriso de luz!



escrito em 08-12-2007

4 comentários:

dudv disse...

Este é o verdadeiro espíruto do natal!!!

Angela disse...

Dudv
Pois é! E imagine que hoje eu soube que neste dia 25 fazem 30 anos da morte do Chaplin. Fiquei feliz por tê-lo escolhido para este post e como exemplo do "retorno da Luz".

JG disse...

Ainda hoje, Charlot (foi-me assim apresentado) é para mim o retorno da luz.
Tal como homem de que fala, tinha o condão de me iluminar os dias, todos os dias, em qualquer época do ano.
Também não sabia que Charles Chaplin tinha morrido no dia de Natal. Partiu para tornar o céu mais claro.

Angela disse...

J.G.
Foi uma coincidência feliz a escolha do título para o conto e achar a foto dele para ilustrar o que eu queria dizer. No mesmo dia, recebi a notícia de que faziam anos de sua morte. Também, como você, acho que o céu ficou mais belo com seu brilho e ainda nos deixou tanto para fazer bonitos nossos dias!