sexta-feira, 26 de outubro de 2007

Fugindo de quem?

cartaz do filme - o exorcismo de Emily Rose


Deixara a cidade grande buscando sossego e segurança.
À primeira notícia de roubo na vizinhança, mudou-se novamente para se proteger da violência. No lugar pacato onde passara a infância, foi agredida até a morte pela empregada que acabara de humilhar.



escrito em 27 setembro de 2007

4 comentários:

125_azul disse...

Fugir de si, para onde o medo não foi protector...
Beijinhos

quem tecla não chora disse...

Chiça!!Serve para mim:(
Gosto de textos assim...curtos e sintéticos!:)

eduardo disse...

mORAL DA HISTÓRIA: não adianta fugir de si mesma.
Conto 10000

Angela disse...

125_azul
Não foi bem o medo que não a protegeu mas a projeção, no lado de fora, da própria violência que acabou lhe sendo devolvida!

amigos
Obrigada pelos comentários.

Como quase todas as minhas histórias, esta veio de um fato real, acontecido em família.