domingo, 23 de setembro de 2007

Sonhos

Enter-foto de Pedro Moreira-em olhares.com


Era uma janela que tinha um sonho.
Iluminar celas de detenção para emprestar aos presos um horizonte.

escrito em 20-09-07

4 comentários:

Anônimo disse...

Os detidos sabem como ninguém atravessar limites e apreciar paisagens. Em cada janela e nesse conto, um convite irresistível.

eduardo disse...

Lindo e às vezes estamos condenados a olhar o horizonte.

Angela disse...

Anônimo
Obrigada pelo comentário mas nota-se que você não leu Carandirú e parece falar de detidos muito especiais, suponho!


Eduardo
Que interessante este ponto de vista! Tudo pode ser prisão e tudo pode ser liberdade! Depende de como se vê...

125_azul disse...

Que se cumpra o sonho da janela!
Beijinhos