domingo, 20 de abril de 2014

Por enquanto

 ilustração de Mao Hamaguchi


Sabia que um dia teria que ver a realidade de frente. Por enquanto, ganhava forças toldando o olhar com um negro véu. Não tinha capacidade para suportar luzes e cores, risos e flores. 

 em 20-04-2014

4 comentários:

Eduardo Oliveira disse...

Bela imagem e texto forte.

Angela disse...

obrigada pelo apoio de sempre!

Anônimo disse...


Que se teria passado com a revista "Minguante" (na qual participei)? desapareceu por artes mágicas?

alberto oliveira

Angela disse...

Caro Alberto,
já faz bastante tempo os responsáveis pela Minguante resolveram parar sua publicação por motivos pessoais da equipe. Creio que, assim como você, todos sentimos a falta de tão boa divulgação dos minicontos.
abraços.