terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Isolamento


 
Enclausurado, o monge passava a vida na biblioteca. Havia feito voto de silêncio e embora lesse e escrevesse em muitos idiomas não conhecia o som de nenhum deles. Até sua língua natal  estava quase esquecida.

 
escrito em 21-01-2013

2 comentários:

dudv disse...

Gostei do conto, estou pensando muito em isolamento.

Angela disse...

um isolamento deste tipo eu acho difícil, mesmo para monges de hoje.