quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Macário Tagetes


Tagetes erectacravo de defunto.



Tinha tanto medo da morte que, por controle, não perdia velório ou enterro. idoso, tez amarelada e murcha, afastava todos pelo cheiro que exalava. Foi apelidado Cravo de defunto.

escrito em 14-07-2012

4 comentários:

eucontista disse...

muito bom. Gostei bastante.

Angela disse...

Obrigada Rafael, este é parte de uma série de inspiração botânica :D

dudv disse...

Muito bom!

Angela disse...

Não deve se lembrar dos outros, mas foi bem divertido fazer estas analogias.