terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Na Real





Em frente ao monitor, plugado ao USB, pênis introduzido, ansiedade absoluta.
Ele sempre havia sido o azarado, o "pele" da turma. Tímido e inseguro, ficou virgem por medo absoluto de não funcionar com as mulheres.
Ao saber do teleconsolo não sossegou até ter o aparelho. Poderia fazer sexo pela web com as maiores estrelas pornô.
O terrível choque e a certeza de ser fadado ao insucesso sexual. Entre milhares de usuários o seu produto tinha vindo sem a camada de isolamento eletrônico.

escrito em 12-01-2012

2 comentários:

dudv disse...

Coitado!!! Azarado mesmo. Muito divertido o conto.

Angela disse...

É mesmo Dudu, pena que tem gente que atrai o pior!
Já imaginou o choque?

ando tão preguiçosa...