terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Desarranjo




Algumas peças foram modificadas e o desenho não permaneceu como estava ontem. Embora parecesse firme, estático, seguro, confiável, tudo mudou quando aqueles pequenos pedaços seguiram seu próprio destino. E houve paz - momentânea talvez - mas o movimento amansou a inutilidade das certezas.



escrito em 05-01-2012

2 comentários:

dudv disse...

lindo!!

Angela disse...

Oi Dudv.
Obrigada, ando tão lesada...