domingo, 9 de outubro de 2011

Pranto



Quando ele a estrangulou as pérolas do colar que usava, herança de família, rolaram por seu corpo inerte como grossas lágrimas.


escrito em 03-10-2011

2 comentários:

dudv disse...

Nossa, uma imagem bela de assassinado. Fantástico!!!!

Angela disse...

deve ter sido bonito mesmo. será que foram lágrimas de sua mãe, avó e mais além...