segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Tapete mágico



A saudade era imensa. Havia muito tempo, se perdera de si mesmo.

Naquela tarde, um tapete passou voando e levou sua alma para casa.

Agora as noites são eternas, ouvindo as fantásticas histórias que se conta.


escrito em 10/12/2001

2 comentários:

dudv disse...

Lindo!!!

Angela disse...

obrigada Dudu!

E aí? gostou do filme?