sábado, 6 de agosto de 2011

O sonho



Trabalhava demais! Desde garoto, sustentava a casa. O balanço do trem embalava o único descanso permitido. Hoje, o sono profundo, compensava o cansaço de anos! Acordou numa estrada deserta, cheia de sol. Pássaros e borboletas acompanhavam as flores do caminho. Perdera-se do caminho da dor.


escrito em 7/10/2001

2 comentários:

dudv disse...

Descansou e virou anjo.

Angela disse...

Oi foi morar em um mundo de fantasia... quem sabe dentro de seus sonhos?
Talvez já fosse um anjo.