quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Desvio



Anos a fio, na boléia do caminhão, fazia mudanças a frete.

Naquele dia, a casa que adentrara era tudo o que sempre quis. Móveis, decoração, objetos que embalava com cuidado, pareciam seus. No meio da estrada mudou de rumo em busca da cidade de seus sonhos. Desta vez, mudaria sua vida!

2 comentários:

dudv disse...

Desvios. Belo.

Angela disse...

Um pequeno grande roubo, sem dúvida. Quem sabe foi perdoado ou ressarciu os donos da casa roubada!