sábado, 18 de junho de 2011

Esperando Perseu


Estática, ansiava em vão pelo herói que, como no mito, a salvaria. Ainda não tinha consciência de que a depressão que a devorava há anos era mais poderosa que Cetus, tão petrificante quanto o olhar da Medusa.


escrito em 18-06-2011

2 comentários:

dudv disse...

Profundo, talves ela teria que acordar o seu la lado Perceu e se salvar.

Angela disse...

Sim Dudu! É isso aí. O lado Perseu seria o ânimus dela, em linguagem Junguiana. O masculino, o espírito, que muitas mulheres colocam fora delas, projetados em algum homem hipotético!