quinta-feira, 9 de junho de 2011

De castigo

Contra capa do livro Abraham Lincoln: Caçador de Vampiros


Depois de matar a mulher cortou-lhe a cabeça com o machado, espalhando sangue. Então se pos de cara para a parede e ficou por dias a fio antes que a mãe brigasse, como sempre fazia quando ele sujava a casa.


escrito em 08-06-2011

2 comentários:

dudv disse...

Profundo, mesmo odiando as mulheres, ele temia a mãe, por isso, tinha problemas com o sexo oposto. Conto terrível e bem escrito.

Angela disse...

Dudv meu querido!
Você escreveu uma nova história a partir desta. Já me diverti com sua sessão de psicanalista de contos curtos. Eis uma nova profissão!

Minha intenção foi apenas dizer do auto-castigo semelhante ao recebido na infância que, ironicamente, foi motivado pela sujeira e não pelo crime praticado!