quarta-feira, 13 de abril de 2011

O acadêmico



Procurava palavras difíceis, fazia citações, usava jargões e frases complicadas. Assim, parecia estar no alto do saber. Mantendo todos à distância, ninguém poderia perceber o quão inseguro e pobre se sentia.


escrito em 10-04-2011

2 comentários:

dudv disse...

Angela, este conto se encontra com meus pensamentos sobre citações. Muitas vezes uso algumas porque elas tocam meu coração, mas muitas pessoas a usam para se mostrarem cults em demasia.

Angela disse...

Sim Dudu, é isso. Mas não são só citações. Há muitos médicos, psicólogos, 'especialistas' em várias áreas que usam o jargão profissional quando vão debater um ponto de vista, só para disfarçar e confundir quando perdem a razão ou estão com argumentos esgotados, já passou por isto?
Quando se é jovem ou pouco seguro até pode funcionar, mas quando percebemos dá raiva e pena ao mesmo tempo.