domingo, 27 de fevereiro de 2011

Morte de última geração

superpopulação - China


Superpopulação, Terra sobrecarregada. A Natureza contribuía com calamidades, porém não havia mais grandes guerras e a Morte não dava conta de esvaziar o planeta. Convocou a Química, a Mecânica e a Eletrônica e as instruiu para que criassem elementos danosos para o homem. Feito isso, bastou pedir apoio à Grande Mídia e deixar que a ignorância humana fizesse o resto.


escrito em 13-02-2011

5 comentários:

dudv disse...

Nossa, mostra a verdade. Conto muito bom.

Angela disse...

obrigada Dudu! Pena ser assim, não é?

Anônimo disse...

querida:
venho e vou bem quietinha para não te contagiar com meus tempos de desassossego; hoje tive que te deixar umas palavrinhas só para contar que Ana vai encenar na escola na próxima 5ª feira seu "Planeta Mortal", curiosamente publicado aqui também a uma quinta-feira (Claro que ela só o leu no Olho da fechadura). Até Carmen quando aqui esteve ajudou com a pequena biografia da autora necessária para introduzir o trabalho, que será encenar seu microconto em inglês. Dulce

Anônimo disse...

as estrelas srão biscoitos caseiros... ela simplesmente adora estea história de um homem que come estrelas para se sentir Céu.
Grata, sempre.
Dulce

Angela disse...

Querida amiga do meu coração, os tempos de desassossego parece que são de muitos, tantos...
Você só me contagia com seu delicado afeto. Fico encantada que a Ana aprecie o "planeta Mortal" e que os biscoitos sejam feitos em sua oficina culinária, certamente.
Sinto muita falta do contato com vocês, minha família de além mar. Se tiver como me mandar filme ou fotos e até a tradução do conto para o inglês, eu agradeço comovida. Meu amor pra todos vocês e obrigada à Ana e à sua arte.