sábado, 5 de fevereiro de 2011

Cristal

Janela para o Céu - Fabrício Sthel


Serenidade. Assim a viam até o momento em que perdeu a rigidez aprendida na infância. O primeiro sinal de descontrole apareceu quando a morte rondou sua vida. O desequilíbrio quando se apaixonou por ela.


escrito em 05-02-2011

4 comentários:

dudv disse...

belo conto

J. G. disse...

excelente, tremenda esa fotografía

Angela disse...

Obrigada dudv.
Este é um dos que senti prazer ao escrever.

Angela disse...

J.G.
grata pela visita. Esta é uma foto que desejaríamos ter feito!