terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Culpada

imagem do blog amoresfunebres


Ela veio pela calçada da direita e entrou na casa à direita, subindo os degraus com o direito. Não concebia hipótese de que algo sinistro pudesse acontecer por causa de seu comportamento.


escrito em 07-12-2010

4 comentários:

dudv disse...

Interessante. Belo conto.

Angela disse...

Oi Dudu,obrigada.
não sei como pode ver beleza numa compulsão atormentada. Já pensou o inferno de uma mente assim?

dudv disse...

Angela, eu falei da estética do conto, como você coloca as palavras.

Angela disse...

Ah sim! desculpe Dudu, acho que ando meio obtusa!
obrigada sim?