segunda-feira, 9 de agosto de 2010

companheiro perfeito

human-vs-robot-10

No Japão encontrou o companheiro perfeito. O sexo era muito superior ao de seu vibrador, não precisava preventivos, ele fazia todos os serviços domésticos sem cansar ou reclamar e ainda ouvia, em silêncio, suas opiniões e lamúrias. O único trabalho era levá-lo para manutenção duas vezes por ano. Nestas ocasiões, não havia ciúmes quando trazia um robô substituto.


escrito em 07-08-2010

4 comentários:

dudv disse...

Bem cômodo, prático, descartável.

Angela disse...

Dudv
em minha opinião, o amor não pode/deve ser assim, o casamento sim!
duas coisas que podem estar ligadas, mas não como nos quiseram fazer crer!

Cássia disse...

Aonde será que posso encontrar um desse?

Angela disse...

Até vc precisar de um, já deve haver à venda por aí nos bons supermercados :D. Por enquanto vai se apaixonando e curtindo o amor mortal, sem exigências de perfeição!